26 agosto, 2010

Microcontos

Por Eryck Magalhães
-
Dilema da aranha
Não sabia ao certo onde tecer sua teia. Escolheu um cantinho de parede da cozinha. Acertou na mosca.
-
De lua
Preparou tudo para aquela noite. Trazia no bolso o anel e o discurso na ponta da língua. Uma imensa lua amarela resplandecia; lua de mel. Só não contava que ela fosse de lua.
-
Esferográfica
Temendo que a ideia lhe fugisse, o poeta pôs-se a anotá-la. A caneta, entretanto, falhava. Das letras mal tracejadas, pedaços de ideias despencavam.
-
Sublime
Músico e poeta encontraram-se por acaso, e trocaram presentes. O músico ouviu nos versos, música. O poeta contemplou na música, poesia.
-
O cético
Em meio a toda questão sempre dizia: “depende”. Acabou dependurado em cima do muro.
-
Eryck Magalhães nasceu em Guaratinguetá-SP. Lançou em 2010 seu livro de estreia, Ecos e outros versos pela editora Multifoco - RJ. Recentemente seu microconto “Dilema da Aranha” foi premiado pela ABL (Academia Brasileira de Letras), em concurso realizado via Twitter. Publica textos regularmente em seu blog, Vitrine Poética http://www.eryckmaga.blogspot.com/ (E-mail: eryckletrado@hotmail.com)

6 comentários:

Thiago Mattos disse...

Ótimo o blog de vocês, não conhecia. Parabéns.

Tomei a liberdade de adicionar o blog de vocês no meu. Passem lá, quando puderem.

Abraços!

Thiago Mattos

Parreira disse...

Curto & Grosso: Perfeito!

Eryck Magalhães disse...

Obrigado pelos comentários!

Anônimo disse...

Legal encontrar os textos do Eryck aqui n'O Bule. Com qualidade com qualidade se atraem.

Abraços.
W.G.

tbquerofalar disse...

Adoro microcontos pela densidade deles.

Abraços,
André.

Lucy disse...

Criativo demais! A maneira como transmite o pensamento, muito sintético e sem deixar de ser poético.

Lucy Pará